Memória dos idosos- Mal de Alzheimer

 

De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde, 8% da população acima de 60 anos e cerca de 40% das pessoas com mais de 80 anos tem distúrbios graves de memória.
Memória é a capacidade que o indivíduo tem de reter e armazenar determinado aprendizado a respeito do mundo. Quanto mais a memória é utilizada, mais ativa ela fica.
 
Como se processa a memória?
Armando Miguel Junior, geriatra e gerontólogo, explica que há dois tipos de memória: imediata (chamada de memória elétrica) que guarda informações, por exemplo, uma reunião que você terá no dia seguinte e não precisa ser armazenada na sua cabeça dias depois e você apaga; e a memória retida (chamada de memória química) que é a memória que armazena conhecimento fixos aqueles que se usam bastante como estudos, textos, endereços e números de documentos.
 
O que é o Doença de Alzheimer?
Existem diversos distúrbios que afetam a memória. Entre os principais está a Doença de Alzheimer. Estima-se que no Brasil, dos 15 milhões de idoso existentes, um milhão seja portador da doença. A incidência é considerada alta e os médicos não conseguiram até hoje explicar o porquê.
Os principais sintomas, de acordo com o geriatra são a perda da memória e o esquecimento de coisas corriqueiras como almoçar, tomar banho e ir ao banheiro.
A Doença de Alzheimer tem causa desconhecida. Armando Miguel Junior esclarece que aparentemente pode ser genético, mas também há possibilidade dele surgir devido à falta do estímulo de memória. Acredita-se que as pessoas mais instruídas tenham menores chances de desenvolver a doença do que as menos instruídas. Problemas na menopausa, depressão e falta de vitaminas também podem ser outras causas significativas.
 
Que outras doenças podem afetar a memória?
De acordo com o médico além da Doença de Alzheimer outras doenças degenerativas também afetam a memória. Os acidentes vasculares cerebrais (derrames), uso de certas medicações, traumatismos cranianos com hemorragia, doença de Parkinson e epilepsia são alguns deles.
 
Como prevenir a Doença de Alzheimer?
            A prevenção da Doença de Alzheimer é relativamente simples. Para os idosos é ideal que se tenha uma rotina diária, como hora do café da manhã, do almoço, do banho de sol para que ele possa habituar a sua memória.
            Na hora do passeio, por exemplo, é ideal que se faça sempre o mesmo caminho, para criar o hábito e facilitar que ele memorize para não perder o referencial.
            O tratamento do Alzheimer é feito à base de remédios que ajudam a manter a memória e diminuir os efeitos maléficos da doença.
 
Entrevista na Radio Bandeirantes AM 1170 - Campinas dia 17/11/2005

 





Medicina Prática - TUDO SOBRE MEDICINA


Saudegeriatrica.Com.Br® 2009 - 2017 - Desenvolvido por Dinamicsite