A cefaléia é uma doença ou um síntoma?

A cefaléia, mais conhecida como dor de cabeça atinge indistintamente a todas as pessoas de todas as idades e pode ser tanto uma doença como um sintoma.
Segundo o Geriatra e Gerontólogo Armando Miguel Junior, como a dor de cabeça é evidente, freqüentemente ela é rapidamente tratada e, esquece-se que pode ser parte de alguma doença.
 
O histórico dessa dor deve ser o principal fator a ser analisado pelo médico. “O que acontece muito com os idosos é que as pessoas tomam analgésicos para qualquer dor de cabeça e o diagnóstico da doença acaba sendo postergado, o que pode resultar num agravamento da saúde”, afirma o geriatra Armando Miguel Jr.
 
Quais os tipos de dores de cabeça?
Há dois tipos de dores de cabeça. A primária que é constituida pela enxaqueca, que pode ocorrer por problemas vasculares ou espasmos,  e a tensional que atinge a musculatura da nuca e como conseqüência provoca forte dor (mais comuns em pessoas até 40 anos) e a dor de cabeça. A secundária, causada por alguma condição ou doença do organismo, como nas causadas pelo efeito colateral de remédios.
 
Entre os remédios que provocam dor de cabeça como efeito colateral estão os antihipertensivos, antidepressivos, antiinflamatórios, digestivos e os remédios específicos para mulheres como hormônios e anticoncepcionais.
 
Quais as causas que podem levar a dores de cabeça?
Além dos remédios as dores de cabeça podem ser provocadas por dor de dente, má articulação da boca, glaucoma, vista cansada, sinusite, inflamação de ouvido, dor no nervo trigêmeo, hematoma subdural (quando a pessoa bate a cabeça e acontece um traumatismo craniano, sangra e junta líquido na cabeça que comprime as estruturas cerebrais e provoca a dor) entre outras doenças.
 
O exame de raio X da cabeça, permite o diagnóstico?
Não,  por ser uma das reclamações mais freqüentes nos consultórios ela não pode ser diagnosticada através apenas de uns raios-X. O ideal é que um neurologista seja procurado para que os exames possam ser feitos detalhadamente para um diagnóstico correto.
 
Entrevista na Radio Bandeirantes AM 1170 - Campinas dia 10/11/2005




MENOPAUSA


Medicina Prática - TUDO SOBRE MEDICINA


Saudegeriatrica.Com.Br® 2009 - 2017 - Desenvolvido por Dinamicsite