Esta é uma situação muito especial e requer calma e paciência para trazer o idoso de volta à realidade sem grandes traumas. São várias as causas que geram crises de alucinação e o idoso deve passar por uma avlaição médica para determina-las com segurança. Não se deve discutir com o  idoso aquilo que ele diz ver ou ouvir, tampouco entrar na alucinação concordando com aquilo que ele vê ou ouve.

Com o avançar da idade, a diminuição das acuidades visual e auditiva pode ser um fator desencadeante de alucinação. É importante que o idoso visite regularmente seu médico para avaliação dessas funções e possível encaminhamento a especialistas em oftalmologia e otorrinolaringologia.

Deve-se estar atento à presença de doenças do sistema urinário, infecções, dependência de álcool, reações adversas às medicações utilizadas, desidratação, dores severas e presença de fecaloma (fezes em concistência de pedra).





Medicina Prática - TUDO SOBRE MEDICINA


Saudegeriatrica.Com.Br® 2009 - 2017 - Desenvolvido por Dinamicsite